Ideologia de Género: A ditadura sexual de uma minoria

Mais uma vez o Escudo inaugurou o debate na praça pública. Depois da acção nacional sobre o mercado imobiliário e os despejos nas nossas cidades, voltamos à carga, desta vez expondo a ditadura dissimulada que nos impõe a Ideologia de Género.

Desta vez superando os 1000 cartazes para uns expressivos 4000 e com mais grupos de trabalho espalhados pelo país: Faro, Beja, Montijo, Almada, Lisboa, Loures, Sintra, Oeiras, Parede, Carcavelos, Cascais, Torres Vedras , Coimbra, Porto, Matosinhos e Braga.

Os nossos encheram as ruas em desafio aberto às elites corruptas, à intelligentsia corrompida, em desafio declarado aos que não passam de tristes notas de rodapé da História.

O nosso fado é vencer.